Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Fluir da alma

Não procuro controlar as coisas que me veêm na alma
Simplesmente as deixo fluir coração a fora até percorrer todo meu corpo e chegar a ponta de meus dedos.

Simplesmente assim....
Descarregar emoções
Lavar a alma
Esvaziar todas as dores...

Sejam elas de alegria ou de abandono
Derramo-me sobre as palavras querendo talvez preencher inultimente o vazio  em      que teu amor me deixou.
Wanda Ayala
Enviado por Wanda Ayala em 27/07/2005
Código do texto: T38261

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Wanda Ayala-www.recantodasletras,.uol.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Wanda Ayala
Portugal
425 textos (36702 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 05:47)
Wanda Ayala