Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMOR DE OUTONO

Eu  dou-te  em versos,  meu encanto
Também te dou  minha pele morena
Vou embrenhar-me no  teu desencanto
Para trazer-te à minha paz serena

Eu tenho o sal do mar na minha veia
E também trago de um  amargo pranto
Eu te ofereço a mão que te campeia,
que busca além desse teu doce encanto

E o tal vento que já te foi brisa
Leva no verso o meu perfume atento
E a voltar a mim, pois,   te convida
Para servir-te então de novo alento

E a um passo de eternizar, enfim
Uma paixão sem medo e sem medida
Vou caminhando pelo mar sem fim
Até encontrar-te na minha saída

Eu encontrei-te já no meu outono
Na plenitude dos meus doces dias
E assim mergulho de vez, no abandono
De quem já sabe as minhas agonias


Então te dou, agora meu encanto
Leva também minha pele morena
E traga a mim, o teu suave canto
Me envolvendo em teu corpo sedento
Vamos fazer a nossa paz, serena
E acabar de vez com esse lamento

Lili Maia
Enviado por Lili Maia em 30/07/2005
Reeditado em 30/07/2005
Código do texto: T38815

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Lili Maia
Curitiba - Paraná - Brasil
484 textos (66677 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 14:49)
Lili Maia