Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SOLIDÃO


Solidão! Palavra doce e amarga,
como alguns frutos.
Doce, quando quero ficar só,
amarga, quando estou sem meu amor.

As vezes estou só,
outras é solidão.
Tão iguais e ao mesmo
tempo diferentes.

Solidão, sem a paixão,
que me empurra, como o vento,
para o alto, entre as nuvens.

Entre a lua e as estrelas,
trazendo no coração,
raios brilhantes de um amor sereno.
Luiza Porto
Enviado por Luiza Porto em 30/07/2005
Código do texto: T39050
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Luiza Porto
São Paulo - São Paulo - Brasil, 71 anos
468 textos (35410 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 19:04)
Luiza Porto