Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

maor intrometido



Dizem...
Que o amor não perdoa
E, chega sempre de surpresa.
Não tem dia, não tem hora.
Pode ser agora, amanhã.
Não importa, ele vem.
E faz sua morada, pois.
Nosso coração pertence á ele.
Só temos uma saída, aceitá-lo.
Se o deixarmos ir, sofremos.
Se o deixarmos ficar, com certeza.
Bons momentos, nós teremos.
Como sabemos, que um dia.
Podemos nos machucar.
Chorar sofrer, sentir dor.
Passar noites em claro.
Sozinho, em um canto qualquer.
Tanto faz, é tudo por conta do amor.
Este amor intrometido.
Que chega, em meio ao silencio.
Sem nos dar chance, alguma.
Para dizermos, sim ou não.


                        Volnei R. Braga




Volnei Rijo Braga
Enviado por Volnei Rijo Braga em 30/07/2005
Código do texto: T39058
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Volnei Rijo Braga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 69 anos
2314 textos (147464 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 22:56)
Volnei Rijo Braga