Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

INTERVALO

Para que intervalo
chorar de saudade
como o orvalho da manhã
que seca com o sol
e deixa marcas?
Intervalo doído
tempo corrompido
ausência frustrada
marca mal apagada
cicatriz profunda
queimando a alma
Intervalo do meu corpo no teu
não há felicidade
se não está!
apenas passa o tempo
sem cor
sem vida
sem nosso amor
apenas expectativa
da sua volta
retorno esperado
para que o único intervalo que exista
seja da minha voz
que enquanto geme de prazer
deixa de dizer o quanto te ama

16.Julho.2005
12h06
ITANHAÉM SP
 
Míriam Torres
Enviado por Míriam Torres em 01/08/2005
Código do texto: T39396
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Míriam Torres
Itanhaém - São Paulo - Brasil
307 textos (17335 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 10:29)
Míriam Torres