Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema 0390 - Espere, coração!


 
Qualquer dia, qualquer hora,
serei o que desejo, talvez mais, até amor.
Corro livre somente em meus sonhos,
é a falsa perfeição que me causa dor.
 
Fazê-la sentir o mesmo que eu, impossível!
Talvez um dia acorde sobre minha cama.
Deixo minhas mãos à mostra d'outra paixão;
se quiser, talvez eu seja diferente de quem ama.
 
Mal sonho foi me conhecer, te marquei com desejos,
fizestes mal em conceber-me apenas pedaços de amor.
Espera meu coração, espera que um dia chegarei,
devagar levo segredos que te amortizam a dor.
 
Posso fazer parte da noite que sonhas com outro,
jamais serei parte do dia que se entrega à sorte.
Deixo aqui registrada a pausa da minha paixão,
ante a tantos conflitos te transformo do amor em morte.
 
02/08/2005
Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 02/08/2005
Código do texto: T39619
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
4429 textos (116251 leituras)
1 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 04:12)
Caio Lucas