Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Amor, amor

Amor, amor, por que chegas assim?
Não pede, uma palavra sequer me diz
Amor, amor, por que à porta não bates?
E logo entras sem eu esperar

Amor, amor, por que me calas assim?
E me deixas tenso sem eu precisar
Amor, amor, por que me olhas assim?
Fazendo com que fuja do teu o meu olhar

Amor, amor,  me deixas louco
Pois não consigo te recusar
Então eu te aceito, mas...

Amor, amor, não faças isso comigo
De vez em quando me avise
Preciso me preparar



Enivaldo Ramos
Enviado por Enivaldo Ramos em 02/08/2005
Reeditado em 22/11/2005
Código do texto: T39656
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Enivaldo Ramos
Mogi das Cruzes - São Paulo - Brasil, 37 anos
15 textos (834 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 23:02)
Enivaldo Ramos