Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"Ah! Deixem-me"

Ah! Deixem-me ...

 
Não calem minha voz

Deixem-me dizer o que sinto

Quero falar  que não minto

Soltar aos ventos meus desejos

Ansiar tua boca cheia de beijos...

 
Não me amortalhem os sentidos

Não me acovardem o que tenha tido

Quero amar o amor, sentir sentindo

Não olvidar jamais minha  paixão

Que me embriaga como sedução...

 
Sou poeta, quero dizer as frases loucas

Aquelas que me conduzem ao paraiso

Numa atropelada vida de emoção

Não me calo, falo baixinho pra mim

O amor que sinto é assim...

 

Se meu cantar te aborrece

Faça um sorriso, uma  prece

Cinzelando de algures teu parar

Deixa eu sozinha caminhar

Quero continuar a andar...

 

Que caiem do céu nuvens de fumaça

Que bridem minha voz com uma mordaça

Que enevo em meus vislumbres de esperança

Mesmo assim, em total real emoção

Ter minha vida, meu amor viver essa paixão...

 

O poeta sonha, o poeta suspira

Quando o amor transborda seu coração

Viver sonhando, mesmo só murmurando

Erguer a voz em total canção

Devaneia e sonha sonhos de verão...

 

Não lhe imponhem sua direção

Deixa-o sem âncora no seu coração

Pois de marola em mar tranqüilo e calmo

Boiam esperanças, vogam só lembranças

Embalando tudo com sofreguidão...

 

Meu pedestal vestido de ilusão

Guarda e leva contigo esta razão

Mesmo que seja só minha essa paixão

Mesmo que vá sem rumo, sem direção

Quero viver e boiar nessa imensidão...

 

Myriam Peres

 

Myriam Peres
Enviado por Myriam Peres em 05/08/2005
Código do texto: T40465
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Myriam Peres
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 86 anos
473 textos (54607 leituras)
5 e-livros (275 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 12:58)
Myriam Peres