Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMOR

“Não é amor amor, se não vier
Com doidices, desonras, dissensões,
Pazes, guerras, prazer e desprazer,
Perigos, línguas más, murmurações,
Ciúmes, arruídos, competências,
Temores, mortes, nojos, perdições.”

                  (Luís de Camões)



Amor é coisa que não se pesa nem se mede
É como vã semente que na terra finca,
germina, nasce e, milagrosamente, cresce
Se água não lhe põem, nem o sol lhe bate,
como qualquer coisa desta vida, fenece

Pequeno olho verde que cortado, fere,
mas brota novo olho com rebento forte
Amor é coração despedaçado, insano
É alma maltratada em um corpo humano

São horas endeusadas, é um passado morto
Se temos no presente, sem querer não vemos
Jogado pro futuro, é um destino torto

Amor é vida e morte que nós todos temos


© Fernando Tanajura
Siga-me no Facebook: www.facebook.com/fernandotanajura


Fernando Tanajura
Enviado por Fernando Tanajura em 06/08/2005
Reeditado em 17/08/2016
Código do texto: T40732
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Fernando Tanajura). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fernando Tanajura
Estados Unidos
1466 textos (154740 leituras)
1 e-livros (154 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 15:45)
Fernando Tanajura