Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A IRREALIDADE DO AMOR

Nenhum amor é eterno
nenhum gosto é pra sempre
porque nada é real
Não se trata de amargura
mas de maturidade, realidade
É apenas um vai e vem
terra de ninguém
muitas trocas
enquanto convém
A felicidade existe
por momentos,
fragmentada
Mas no dia seguinte
podemos estar tristes
sem mais nada.
Será que é egoísmo?
não sei se é
Sei das sombras
dos ruídos
palavras perdendo o sentido
e que um dia amei demais
hoje nem sei o que é paz
Em um segundo, muito amor
e no seguinte,
eterno caos e temor
das palavras afiadas
que machucam
transformando música em terror
Hoje minha realidade é esta
e sei que do passado só resta a saudade
Tento expulsar meus receios
Talvez haja amor neste meio
e tudo possa ser
outra vez real.
Para que eu volte a ser feliz
e que a verdade deixe de ser o mal
para ser nossa diretriz

06.Agosto.2005
20h00
ITANHAÉM   SP

 
Míriam Torres
Enviado por Míriam Torres em 06/08/2005
Código do texto: T40821
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Míriam Torres
Itanhaém - São Paulo - Brasil
307 textos (17335 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 00:11)
Míriam Torres