Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Saudade

Tic Tac! Tic Tac!
Como tu demoras tempo!
Tic Tac! Tic Tac!
Vai! Passa passa meu tormento.

Din Don! Din Don!
A campainha tocou.
Abri a porta,
Meu amor meu amor chegou!
Tum Tá! Tum Tá!
Segura segura o coração vai disparar.

Smack! Hum. Que gostoso.
Saudade contida no peito.
Que enlace malicioso.
- Pára não! Aperta-me de todo jeito.

Bam! Caimos na nossa cama!
Zip! Abri o teu vestido.
(hoje não tem pijama)
"Sempre fui tão atrevido!"

Por aqui encerro!
Faz dois meses que estou fora de casa.
O espaço é pouco pra tudo contar!
Tenho coxas, umbigo e outras coisas pra roçar.
Não quero perder tempo por nada!
Agora é Segredo! Meu e da minha amada.
EMERSON DANDA
Enviado por EMERSON DANDA em 06/08/2005
Reeditado em 17/11/2005
Código do texto: T40840
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
EMERSON DANDA
Toritama - Pernambuco - Brasil, 52 anos
97 textos (76622 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 16:31)
EMERSON DANDA