Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ao meu amado....

Das coisas falsas me escondo...
Fecho-me em meu casulo
Busco um tempo mais puro
De te amar ainda na ilusão.

Das coisas amargas,esqueço
Das lagrimas a rolarem tb
Quando estou contigo
Somente a alegria me sustem.

Somos completos na hora do amor
Só me lembro da dor
Na hora de te ver partir
Quando tomas o caminho
Que enche meu coração de espinhos
Que me lança mais uma vez a solidão.

Da janela do meu quarto
Vejo-te ir rumo a estação
O comboio passa todos os dias aquele mesmo horário
E nunca sei quando ele me trará de novo a minha razão.

Partes sem olhar para trás
Sem pensares no mal que me faz, querer-te sempre ao meu lado, sonho acordada , mas as vezes real, traz-me um pouco de consolo,deixando na esperança de que em breve as tuas partidas cessarão.

E enfim, poderemos viver em plenitude esse amor até agora tão adormecido, que sempre nós deixa no desejo do abandono, na negativa de nunca poder dizer ao mundo, o quanto demora a passar esses segundos, o quanto de tristeza e saudade reina em nossos corações.

Até o teu silencio quando estamos lado a lado me agrada....
Porque quando te calas,é que os teus olhos começam a falar.....
E eles falam tanto e tão bem meu amor....
Wanda Ayala
Enviado por Wanda Ayala em 06/08/2005
Código do texto: T40856

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Wanda Ayala-www.recantodasletras,.uol.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Wanda Ayala
Portugal
425 textos (36693 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 12:19)
Wanda Ayala