Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

...Sem titulo 2...

Quando olho nos teus olhos
E fito-te a alma,
Sinto vontade de te beijar
Mesmo sabendo que não posso te amar.

Quando olho nos meus olhos
E fito-me a alma,
Sinto vontade de sumir
Mesmo sabendo que poderei nunca sorrir.

Quando olho nos teus olhos
Vejo o amor me chamar
Como uma chama ardente
Prestes a me fazer acreditar.

Quando olho nos meus olhos
Vejo a dor de um amor
Como um pássaro sem ninho
Prestes a aumentar minha dor.

Quando olho nos teus olhos, quando olho nos meus olhos,
Vejo o amor e a dor,
Vejo a vida e a morte,
Vejo a alegria e a tristeza,
Vejo-te...Vejo-me
E faço-me de cega para não enxergar os teus olhos.
Para não me apaixonar,
Para não sonhar,
Para não acreditar...
Que os meus olhos só vêem os teus olhos...
Venus
Enviado por Venus em 07/08/2005
Código do texto: T40960
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Venus
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
49 textos (2572 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 12:51)
Venus