Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SEI DO AMOR

[A você, que é tão....... tocante]

Não duvido amor,  desse teu beijo
Nem das juras, nem do desejo
que me segredas em nosso leito
quando me acomodas em teu peito

Não duvido amor, dessa paixão
Que enche minha vida de emoção
Que trazes nas manhãs de tua estada
E em noites de poesia enluarada

Bem sei querido, que teu amor
passeia com ternura em minha flor
voeja pela brisa,  passarinho
e faz da minha casa, um ninho

Bem sei querido, que teu querer
é tanto que nem devo merecer.
E vem no calor do sol poente
confirmado no beijo eloqüente

Vem ó meu amado, vem sondar
o verbo que desejas conjugar!
Respondo, eu sei o quanto amei
em versos mal versados, que dei

Vem ó meu amado, vem brincar
nas letras que desejas enfeitar
de flores, calmaria e algodão
e em brasas derreter nossa razão
Lili Maia
Enviado por Lili Maia em 07/08/2005
Reeditado em 08/08/2005
Código do texto: T41136

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Lili Maia
Curitiba - Paraná - Brasil
484 textos (66691 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 16:34)
Lili Maia