Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema 0404 - Confissão


 
Que música desejam meus dedos,
quando teu corpo seguro nas minhas mãos,
arrasando fronteiras sem licença de ser feliz,
ficam as promessas, nada a mais que outras...
 
Que meus pedaços gravem a paixão em ti,
meus beijos lambuzem até a alma,
sejam constantes os braços longe do adeus,
como seguro for, como a segurança que me dás.
 
Que meu amor vá, a paixão idem,
preciso me sentir caminhando para algum lugar,
que perca as heranças dos sentimentos,
tomarei à força, arrancarei do peito teu pouco amor.
 
11/08/2005
Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 11/08/2005
Código do texto: T41869
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
4429 textos (116390 leituras)
1 e-livros (167 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/02/17 17:58)
Caio Lucas