Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

não tente outra vez

De que adianta fingir que não te amei?
De que adianta pensar que não esteves aqui?
De que adianta acreditar que não ocupaste meu coração?
De que adianta duvidar
Se  foi tudo verdade mas te amei em vão?
De que adianta ?
Eu me pergunto:
Tentar ferir-me outra vez,
Despertando amor e ódio,
Que por ti uma vez senti.
De que adianta se não quero mais sofrer?
O que passou,já foi
O que há de ser,sem você, será!
Me arrependo porque não vivi,
Me entregando a essa paixão,
Louca paixão que só me fez sofrer.
Ah,ingrata!
Não adianta tentar me enlouquecer,
Tentar levar-me a outra vez amar você.
Se queres novamente por meus sonhos e desejos
Aprisionar esse doido ser
Não adianta!
De que adianta tentar me prender ?
Ainda sofro,mais já não sofro por você.
Deivesson de Sousa
Enviado por Deivesson de Sousa em 15/08/2005
Código do texto: T42738
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Deivesson de Sousa
Estância - Sergipe - Brasil, 28 anos
52 textos (2049 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 00:24)
Deivesson de Sousa