Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NUNCA MAIS

Se tiver que partir
não demore, parta de pronto,
antes que peça para não ir.

Aproveite o momento
de descrença,
prometo que vou tentar
segurar o grito,
entalado no meu peito.

Vá, esta é a hora,
nada mais tem conserto,
e, não tem como impedir
os destroços de nossas vidas,
que começaram a ruir.

Nesse clima agitado,
como tempestade em alto-mar,
flutuam restos daquilo
que um dia,
aventurou-se chamar de amor.

E, ainda que abalado
com os efeitos da turbulência,
em mim desperta lembranças,
que como magia
transportam para a grandeza
de um passado,
mesmo apresentando
sinais de envelhecimento.

É possível ainda ouvir
o efêmero silêncio da paz,
o ritmo harmonioso de
dois corações.
Tudo foi consumado,
e se tens que partir,
parta agora e não voltes
nunca mais...afinal,
o prêço pago foi alto demais.

Wil
Enviado por Wil em 16/08/2005
Código do texto: T43073
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Wil
São Paulo - São Paulo - Brasil, 81 anos
2623 textos (84614 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 23:22)
Wil