Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SUPREMACIA

Durmo agora...
Enquanto me velas viajo em meus sonhos
lembrando de teu suave semblante.
Vez em quando ressono por não acreditar
que tenho você em meus braços.
Ressono por que vejo um lindo sorriso
em teu rosto e me fitas com um olhar tão meigo,
tão profundo que lágrimas de felicidade
correm em meus alegres olhos.
Neste momento me sinto um autêntico anjo,
vôo nas alturas num vôo eterno e sem fim.
Meu semblante se transfigura e se transforma
no mais profundo amor.
Te envolvo de uma forma tal que te transporto
a um mundo inimaginável.
Mundo esse onde voltamos a nossa adolescência
sendo tudo possível e realizável.
Nos amamos com perfeição,
nos beijamos com realização e nos acariciamos
ao som dos gorjeios dos pássaros e ao cair
das águas de um cristalino riacho
no pé de uma linda montanha.
Vela meu amor, vela por este menino
que te quer mais do que qualquer coisa
deste mundo.
Vele-me, me admire e me deseje,
pois nosso sonho demais desejado
será realizado.
Antes tempestades virão,
tremores de terra nos importunarão,
porém passado este inferno
a calmaria há de chegar em nossas
sofridas vidas.
Por isso, vele-me que a nossa
felicidade está apenas
a um passo de nós.

13.05.05
11h05
São Paulo - SP
Diógenes Davanzo
Enviado por Diógenes Davanzo em 19/08/2005
Reeditado em 07/11/2005
Código do texto: T43620
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Diógenes Davanzo
São Paulo - São Paulo - Brasil
107 textos (6196 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 18:54)
Diógenes Davanzo