Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DILACERANTE


Amor...
Sentimento dilacerante,
Que vive a mexer com a gente
Nos deixando ofegante
Fazendo tudo ser fascinante.

Misturando as razões
Certo e errado são trilhas iguais
No sangue correndo emoções,
Às vezes consequências fatais.

Amor...
Droga pré-histórica,
Nem fumada,
Nem aspirada,
Nem injetada,
Mesmo assim da a parada,
E a pessoa está drogada.

Vale a pena sentir tanto?
Nas ondas turbulentas da vida,
Se num segundo tudo vira pranto,
Então se foge para um canto,
Pois vem o desencanto.

Mistério...
Alimento natural do amor,
O desconhecido causando furor,
Fazendo a mente imaginar fantasias,
Tornando o ser com mais alegria.

É tudo em vão se não for compartilhado.
Amar sozinho e ficar ilhado,
E como morar em casa sem telhado.

À vezes gosto disso tudo,
Não é coisa de outro mundo,
Só que a gente fica bobo
E vai a fundo.

É diferente e não heresia,
Tão pouco demagogia.
Rengody
Enviado por Rengody em 19/08/2005
Código do texto: T43712
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rengody
Goiânia - Goiás - Brasil, 51 anos
32 textos (1572 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 10:45)
Rengody