Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

IMAGINÁRIOS SONHOS MEUS

Não sei se vai acreditar
quando digo que ainda te quero,
que sem você nada mais tem
vida e nem sentido.

Não sei se vai acreditar
quando digo que
por sua ausência,
tornei-me escravo da imagem
de um passado,
onde vivemos só de felicidades.

Não sei se vai acreditar
qudndo digo que
perdi minha direção,
que nada mais tem graça,
e o que mais faço
é tentar conter minhas lágrimas.

Não sei se vai acreditar
quando digo que
tudo se tornou obscuro,
que o vazio continua
empurrando-me para os tentáculos
dos sofrimentos.

Não sei se vai acreditar
quando digo que
perdi minha paz,
no momento em que
me deixou.

Não sei se vai acreditar
quando digo que
mão mais existe
o dia e nem a noite,
e que o nada tem representado
a visão de uma partida
que feriu meu coração.

Não sei se vai acreditar
quando digo que
adormeço abraçado com
sua imagem,
alcançando quando nada,
a companhia da saudades.

Não sei se vai acreditar
quando digo que
te quero de volta,
para poder sentí-la novamente,
ainda que nos imaginários
sonhos meus...
Wil
Enviado por Wil em 19/08/2005
Código do texto: T43852
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Wil
São Paulo - São Paulo - Brasil, 81 anos
2617 textos (84565 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 00:31)
Wil