Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Seu nome

Seu nome, que sempre digo,
Com ternura, com emoção...
Murmuro tão docemente
Como se fosse uma oração...

É tão bom chamar baixinho,
O seu nome tão amado...
Com que amor, que carinho,
Eu o digo quando a seu lado...

Repetí-lo, é para mim,
Terna e doce felicidade
É uma alegria, que não tem fim!

Seu nome, terna canção,
Que na ausência é saudade,
Me está gravado no coração!...

Daze Dorça – Uberaba, 02/03/1960.
Daize
Enviado por Daize em 23/08/2005
Código do texto: T44509
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Daize
São Paulo - São Paulo - Brasil, 76 anos
55 textos (3837 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 19:30)
Daize