Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Por isso que vivo

Meu olhar se perde na frieza dos teus olhos
Meus gestos não têm sentidos lógicos
Minhas palavras no vento ecoam sem direção
Meu amor, incompreendido e oculto, não é correspondido.

Sentimentos transbordam do meu peito
E são desperdiçados no ralo da rotina

Mas é por isso que vivo
Para amar até que eu perca os sentidos
Até que encontre alguém como eu.
30/04/2002

Amanda Ribeiro
Enviado por Amanda Ribeiro em 23/08/2005
Código do texto: T44537
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Amanda Ribeiro
Santa Maria - Distrito Federal - Brasil, 33 anos
90 textos (8456 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 00:21)
Amanda Ribeiro