Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quisera eu

Quisera eu ser um príncipe
Pois no meio de seu principado
No fundo de seu castelo
Ele é senhor e rei
E manda até nos sentimentos

Quisera eu ser um bandido
Pois o bandido é feliz
Sem medo, remorso ou consciência
Pega tudo o que quer
E tem tudo o que deseja

Quisera eu ser um bêbado
Pois o ébrio vive na realidade que quer
E não sente a dor do coração partido

Quisera eu ser um travesseiro
Pois ele é o confidente mais íntimo
E presencia as cenas mais importantes
E está sempre por perto

Quisera eu ser a lua
Pois a lua observa a todos nós
E com seu brilho e sua beleza
Vai nos protegendo todas as noites

Quisera eu ser o sol
Pois ele sempre persevera
Nasce noite após noite
E está sempre ali quando precisamos

Quisera eu ser um farol
Pois o farol ilumina a noite
E mostra o caminho aos perdidos
Traz orientação e paz

Quisera eu ser seu namorado
Pois controlaria os sentimentos
E teria o que desejo
E viveria na realidade que quero
E nunca mais sentiria o coração partindo
E seria um confidente
E estaria sempre por perto
E te protegeria
E estaria sempre ali sem desistir
E te mostraria o caminho
E te faria feliz
Marcelo Holanda
Enviado por Marcelo Holanda em 23/08/2005
Reeditado em 24/08/2005
Código do texto: T44661
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcelo Holanda
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 33 anos
9 textos (318 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 00:26)