Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Renascimento

Renascimento!
 
Perdida,caída, mas não sucumbida,
renasci, como fênix das artes e do lirismo!
Bati minhas asas e ousei um vôo maior,
onde ninguém, pudesse me alcançar!
 
Voei céus e mares,
pôr de sóis e despontar da vida,
caí, qual fêmea ferida,
sem desistir de nada!
 
Poesia é minh'alma!
Poesia é minha vida,
meu lirismo que me impregna
até as partes mais inatingíveis do meu ser!..
 
Não adianta querer me crucuficarem,
tomo a cruz, como exemplo,
peco, não nego,
mas por amor,
encontrado,
desavisado,
que nasceu
de uma dor !..
 
De um abandono,
de atos e palavras,
fiquei órfã.
Tomei só minhas asas,
persegui vôo.
Encontrei, meu amor,
minha dor,
minha razão de viver!..
 
Eda Carneiro da Rocha
" Poeta Amor"
www.albumpoeticoeda.com.br
Poeta Amor
Enviado por Poeta Amor em 27/08/2005
Código do texto: T45573

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Poeta Amor
Araruama - Rio de Janeiro - Brasil, 81 anos
398 textos (14773 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 19:56)
Poeta Amor