Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A amada minha!

Dorme agora, cansada, a amada minha,
De meus abraços,
Afagos e carícias.
Dorme sem medo,
Em meio das noites altas, frias...
Envolta em nossas colchas,
Da alcova libertina...
Dorme ainda,
Ainda que eu lhe vele o sono,
A espreita a espera,
Dum movimento, dum desejo,
Que ainda tenha agora...
Depois de tantos abraços...
De tantos afagos,
De tantas carícias.
De ainda a pouco...
De ainda há poucas horas...

28/09/2003
Edvaldo Rosa
Enviado por Edvaldo Rosa em 28/08/2005
Código do texto: T45768
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Edvaldo Rosa www.sacpaixao.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Edvaldo Rosa
São Paulo - São Paulo - Brasil, 55 anos
1731 textos (174252 leituras)
23 áudios (10657 audições)
35 e-livros (9020 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/01/17 05:44)
Edvaldo Rosa

Site do Escritor