Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Na relva Verde do sonho

Na relva verde do sonho,
Senti a vida, o extase total...
Prazer que escorria de portas ocultas.
Jamais exploradas antes, dor, cheiro, calor, gosto, prazer..
Tudo junto em um só momento.

Cálido e único, perfeito e sem palavras.
Sentimentos a flor da pele, na relva verde do sonho.
Se esvaindo num momento de imobilidade total.

Derrepente um suspiro, e todo o mundo parece desaguar em um só lugar, dentro de mim.
Sorrisos e calma, paz interior e movimentos involuntários de ternura e prazer.
Agora saciados em uma só alma, e perfeitos se unindo a paisagem local.

Ouvindo o sussurro, tal como o cantar de um belo pássaro, que as márgens do rio observa nosso amor.
O momento então se eterniza e recomeça em nossa mente, e por mais alguns momentos expande o prazer que outrora era dor e medos.

Mas a barreira do sexo foi quebrada, e o mito se tornou real.
O amor tornou-se parte de tal aventura, que a pouco era apenas sentimento contido, e distante.

Medos, êxtase, amor, dor, sangue e ternura, eram um só na primeira tarde de real prazer que uma mulher poderia desejar.
Desejo terno e único, que ficou num dia despudorado e simples de um sonho, vivido as margens do rio sob a relva verde de um lugar especial, que somente existiu em minha mente e em minha alma.
Senhora da Luz
Enviado por Senhora da Luz em 29/08/2005
Código do texto: T46079
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Senhora da Luz
Vitória - Espírito Santo - Brasil, 41 anos
40 textos (5508 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 03:02)
Senhora da Luz