Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Não se cale...

A voz rouca
Tateia o terreno
No solo das palavras

O mesmo timbre
Por vezes firme
Por vezes destoa
Com ar de marota

Melódica faz a alegria
Dispara o coração
Na dança da euforia
Remexe a paixão

A voz não se cala
Sorrateira ainda tateia
Buscando o sentimento
Perdido no tempo
Esquecido na fala

A voz se reprime...
Condição do momento
Pensa e repensa...
(analisa o terreno)
Não tem mais o que tatear
A voz retoma o seu fôlego
No desejo intenso de amar.

(D.A.Reservado)
Uma Mulher Um Poema
Enviado por Uma Mulher Um Poema em 30/08/2005
Reeditado em 04/01/2006
Código do texto: T46366
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Uma Mulher Um Poema
São Paulo - São Paulo - Brasil
2884 textos (497009 leituras)
75 áudios (27394 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 09:43)
Uma Mulher Um Poema

Site do Escritor