Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MINHA DESCOBERTA

Vou ficar aqui esperando,
Fazendo um vôo imaginário,
Olhando o mar que tanto amo,
Pois sou uma gaivota perdida,
Que tem medo de voar....
Eu não parti, nem poderia,
Sem teus olhos me perderia,
Nas nuvens e na tempestade,
Na solidão e no total silêncio,
Não seria a mesma viagem,
Sem tuas mãos entre as minhas,
Sem teu corpo junto ao meu.
Vou ficar aqui aguardando,
Que não me condenes a ficar assim,
Como uma gaivota solitária e perdida
E que resolvas ao menos olhar pra mim,.
E perdoar-me  por agir sem pensar,
Perdoar-me por esconder o que sinto,
Pois ando desta maneira por medo apenas,
Medo de olhar teus olhos e de mostrar,
O quanto já me tens desde aquele dia,
Medo que teu coração já não me sinta,
Medo de entregar-me em demasia,
E da incerteza de que me desejas ainda,
Medo de mostrar o que pude hoje enxergar,
Que meu desejo é estar apenas nos teus braços,
Para  novamente contigo... poder voar.

15/08/03-Serei@SP
Sonia Ferraz
Enviado por Sonia Ferraz em 31/08/2005
Código do texto: T46533
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sonia Ferraz
São Paulo - São Paulo - Brasil, 61 anos
665 textos (37146 leituras)
33 áudios (5813 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 00:34)
Sonia Ferraz

Site do Escritor