Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Conjugando o Amor

Conjugando o Amor

Por que quanto mais te amo
mais te quero?
É a pergunta que faço a mim mesma.
E, ponho-me a imaginar
minha vida sem você,
meu doce raio de luar.

E, quando contemplo a lua,
ponho-me a sonhar, contigo,
meu doce amor,
que tanto bem me fazes,
que tanto amor me dás,
em toda a minha vida.

Cuidas do meu coração,
como se fosse a pedra
mais preciosa do mundo.
Não é um brilhante, um diamante,
um valor que não posso pagar.

Antes , é um bem mais precioso,
avaliado, como jóia rara,
pois é apenas o meu coração,
um coração de muita valia
que só conhecem os que me amam.

E aqueles que me amam
sabem o quanto eu os amo.
E como sou feliz em amá-los,
pois sem amor,
não teria este coração
tão querido e amado
que só vive para amar.

E, nesta mistura de amor conjugado,
sem saber, eu te dei meu coração,
tão de mansinho...
Chegaste tão devagarinho
que nem o escutei.
O teu som era menos que uma gota
d'água caída,
e, sem querer, sem saber,
sem me aperceber
eu te dei meu coração.

E, sabe que sempre vou te amar,
passem sóis e luas
nos encontraremos sempre,
aqui, ali ou alhures,
pois não podes esquecer
que te dei meu coração!

Eda Carneiro da Rocha
" Poeta Amor"
www.albumpoeticoeda.com.br


Poeta Amor
Enviado por Poeta Amor em 03/09/2005
Código do texto: T47222

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Poeta Amor
Araruama - Rio de Janeiro - Brasil, 81 anos
398 textos (14773 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 20:15)
Poeta Amor