Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Minh'alma

Belos becos escuros desta rua
Alcunhada de “solidão”
Minh’alma vaga, solitária
Nas noites tristes e vazias
Buscando a tua companhia
Ela está carente, doente
Em completa desolação
Desesperada corre a tua procura
Procurando em você o médico
No teu amor está o remédio
Que lhe trará de imediato à cura
E curada ela sairá da amargura
Sombria e fria que gela o coração.

(D.A.Reservados)
Uma Mulher Um Poema
Enviado por Uma Mulher Um Poema em 03/09/2005
Reeditado em 12/12/2005
Código do texto: T47256
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Uma Mulher Um Poema
São Paulo - São Paulo - Brasil
2887 textos (497195 leituras)
75 áudios (27398 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 12:52)
Uma Mulher Um Poema

Site do Escritor