Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mãe D'água

Rainha soberana e absoluta
Das águas infindas ora calmas
Ou revoltas pela tempestade
O mar é o teu reino
Faz dele a sua morada
Mãe adorada por todas as crenças
Venerada por múltiplas oferendas
Em tuas águas eu me banho
Revitalizo o corpo e a alma
Revestindo-me de tranqüilidade
Nos teus braços tenho o alento
No teu cântico a paz no desespero
Mãe dos pedidos infinitos
Em meu barco te envio um pedido
Na esperança que ele retorne
Trazendo-me a felicidade.

(D.A.Reservados)
Uma Mulher Um Poema
Enviado por Uma Mulher Um Poema em 03/09/2005
Reeditado em 12/12/2005
Código do texto: T47322
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Uma Mulher Um Poema
São Paulo - São Paulo - Brasil
2889 textos (497412 leituras)
75 áudios (27413 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 00:12)
Uma Mulher Um Poema

Site do Escritor