Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Te Amo ( Primeira)

Te Amo!

Não quero ser, não devo ser quem
escreve sobre coisas tristes.
Acabei de acordar.
Soube que a flor de maio desabrochou
e deu uma linda flor.
Que a orquídea deu, generosamente,
uma flor amarela, escondida atrás
da mangueira.
Que o Sol começou a brilhar, depois
de um dia de chuva.
Que vai esquentar muitos corações,
como o meu que estavam com
frio do seu calor.
Que os sentimentos devem ser gritados,
arrancados do peito para dizer o
que sentimos. Que a dor de amor tem
recompensa, quando diz " Te Amo".
Que esquecemos as dores nossas, ao
ver o Pôr do Sol e a Lua se pondo.
Amo, sou feliz.
Amo àqueles que me amam com a
recíproca dos amantes.
Sem amor nada somos. Somos
pássaros sem ninho, órfãos sem pais.
O amor, ah! o amor, como isso
faz bem!
E, quando não temos quem nos diga:
" Te Amo", digámô-lo a nós mesmos
sem narcisismo, sabendo apenas que o
Amor existe e que está ao nosso
alcance, não importa o dia e a hora.
Ele chegará mansinho, pertinho de nós.
E num sopro dirá ao nosso ouvido:

" Te Amo"

 Eda Carneiro Rocha
" Poeta Amor"
( Meu segundo poema feito, quando comecei a ser poeta)
 

Poeta Amor
Enviado por Poeta Amor em 04/09/2005
Código do texto: T47633

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Poeta Amor
Araruama - Rio de Janeiro - Brasil, 81 anos
398 textos (14776 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 00:30)
Poeta Amor