Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FICTÍCIO REINADO

Em sua chegada você exibiu um sorriso singelo,
seu olhar testemunhava cansaço,
talvez, desejando um afetuoso
abraço.

Chegou, como quem nada quer,
fincou sua bandeira no coração
desprevinido,
determinou a ocupação do
território,
e, no âmago d`alma gerou o
embrionário.

Reinado estabelecido,
conquistas de espaços,
difusão de raios de luz, sentimentos,
você brilhou em todos os momentos.

Mas, o tempo passou, fugaz,
só e mudo apenas o fiel amigo ficou,
aquele esquecido figurante do
passado,
o único do decadente reinado.

Cinzas foi o que restou,
lágrimas, o tempo secou,
a ralidade e a saudade definiram,
a majestade do reinado que nunca
existiu.
Wil
Enviado por Wil em 05/09/2005
Código do texto: T47811
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Wil
São Paulo - São Paulo - Brasil, 81 anos
2613 textos (84514 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 08:45)
Wil