Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema 0439 - Mais um dia...



 
Gosto muito dela, sou um desmedido de amor,
na paixão tenho loucuras que não conto,
quando vou, tudo tem que ser mais além,
assim que faço o meu caminho de viver.
 
Poderia abraçá-la no meio da chuva e contar sim,
dos amores que tenho guardado aqui, depois,
são coisas que ainda irão chegar com o amanhã,
até e enquanto você pensar em mim, sou você.
 
Linha deste meu jeito de apaixonar, linha de sonhos,
quando acordo penso que sou seu bem querer,
preciso falar de tudo e não pensar que é sagrada,
tenho pecados a cometer, todos bons pecados de amor.
 
Hoje acordei com frio no meu corpo e pensando...
lá em você não sei se está lembrando da paixão,
falei que fico triste se não sinto que tenho você,
estou de longe olhando sua foto, assim não esqueço.
 
Posso agora falar de amor, posso tingi-la com cores,
não deixa que o sol se vá, assim não vivo,
não quero parecer frágil, me sinto rico quando lhe tenho,
preciso criar um caminho que vá direto ao coração.
 
07/09/2005
Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 07/09/2005
Código do texto: T48301
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
4429 textos (116251 leituras)
1 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 19:12)
Caio Lucas