Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Armas de flores

Quero que haja um toque,
Tudo que possa superar tangentes,
alongar o diâmetro de se estar livre.
Quero te ver solta,
sem o medo das contrações mensais,
libertar a criatura que em ti habita
E te ver livre e solta,
exalando livres beijos.
E depois da noite úmida,
correremos os dois,
nus,
num campo de arames farpados.
Estaremos cercados,
e toda lei será tombada
à luz do teu corpo desprotegido.
O universo silenciará seu choro...
...Por um toque...
Dil Erick
Enviado por Dil Erick em 07/09/2005
Reeditado em 07/09/2005
Código do texto: T48493
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Dil Erick
Macapá - Amapá - Brasil, 29 anos
325 textos (13536 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 15:29)
Dil Erick