Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Embriaguez

Quero me embriagar,
com o teu suave perfume,
que me leva nas asas
sublime, meu amor!

Quero ir-me embora
contigo, sem pensar
na distância e no tempo
que teremos ainda...

Quero apenas saber
que hoje é o nosso dia,
como ontem também o foi.
E assim serão todos os dias,
em que estarei contigo,
dentro do teu coração,
dentro da tua vida,
sofrendo ou não.

Meu amor é um amor diferente,
embora muitos não o saibam.
Mas para que saber,
se eu o sei, se somente eu
posso entender o que se passa
dentro de mim.

Já perdi a esperança
de que me entendam.
Já perdi metade da vida
querendo explicar
o que não se explica.

Amor é amor
e ponto final
nesta estória
que não é banal...

Ela é tão tua quanto minha.
Só que enfrento o mundo,
enquanto nada queres enfrentar.

E calada, dentro de mim
transmutei-me em crisálida
antes de ser borboleta,
pois não queria aparecer
neste poema
com fundo e forma,
cujo segredo será sempre meu.

Eda Carneiro da Rocha

" Poeta Amor"
www.albumpoeticoeda.com.br

 



 

 

Poeta Amor
Enviado por Poeta Amor em 08/09/2005
Código do texto: T48817

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Poeta Amor
Araruama - Rio de Janeiro - Brasil, 81 anos
398 textos (14774 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 18:13)
Poeta Amor