Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"Orgia dos sentidos"

Orgia dos sentidos
 
À noite, deitada na minha cama
Lençois soltos, em polvorosa
Não consigo me aquietar
Rolando pra lá, pra cá
Minha cabeça fervendo
Pensando só em amar
Ponho-me logo a pensar...
 
Rabiscos de consciência
Detalhes de efervescência
Caprichos da natureza
Que teimo ainda em sentir
Verdades que escondi
Prazer  ainda por vir...
 
Recolho-me envergonhada
Dos meus pensamentos loucos
Das guinadas da minha estrada
Dos sonhos assoviados
Da balbúrdia descontrolada
De minha vida  desesperada...
 
Por que de idade avançada
Continuo sobressaltada
A querer me convencer
Que desse lado da calçada
Não devia passar pensando
Sentindo, querendo e amando?...
 
Tudo tem o seu momento
Na vida e no esquecimento
Que fazem da ambição
Dos tratados encimesmados
Querer ter da vida ainda a sensação
Que me enlouquece, tira a razão...
 
Nas ciladas que antevejo
Nas cordas soltas, sentidas
Por que privar minha vida
Dos sonhos, da tentação?
Melhor que ficar adormecida
E jogar fora a razão...
 
Myriam Peres
 
Myriam Peres
Enviado por Myriam Peres em 08/09/2005
Reeditado em 08/09/2005
Código do texto: T48851
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Myriam Peres
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 86 anos
473 textos (54601 leituras)
5 e-livros (275 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 02:57)
Myriam Peres