Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MADRUGADA...


Ouço passos na calçada,
Nesta rua deserta,
Será um sobrevivente,
Deste mundo carente,
De esperança e afeto,
Quem sabe um ébrio,
Dos solitários bares,
Um boêmio,
Perdido em enigmas.
Ou será uma perdida,
Das esquinas da vida.
Uma criança abandonada,
Pela sociedade atormentada.
Uma vítima de intrigas,
Implorando piedade.
Será o ranger desta cidade,
Morrendo ao ver morrer,
O amor, a fé , a caridade.
Quem sabe é você,
Sem coragem para olhar-me,
Ou meu pensamento,
Obscurecido pela dor,
Ao sentir-me inocente,
Usada por tanta gente,
Sofrida por tanto amor.


janeiro /1997

Sonia Ferraz
Enviado por Sonia Ferraz em 13/09/2005
Código do texto: T50143
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sonia Ferraz
São Paulo - São Paulo - Brasil, 61 anos
665 textos (37146 leituras)
33 áudios (5813 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 21:51)
Sonia Ferraz

Site do Escritor