Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NASCI MULHER

Nasci mulher!
Trago em mim reflexos de um passado
De milênios, séculos enclausurada na submissão.
O autoritarismo sobre minha cabeça vendada
E a voz sufocada rasgava o coração.

Nasci mulher!
De mim, nasceram homens fortes, poderosos,
Que também fizeram mulheres frágeis e cativas.
Sem o direito de serem nobres e honradas
Impondo-lhes ordens e falsas prerrogativas.

Nasci mulher!
Sou gloriosa pela luta, pelas conquistas.
No século XX, revolucionaram, viraram a mesa
Dizendo chega! às torturas machistas
Conseguindo trabalho e direitos com nobreza.

Nasci mulher!
Minhas ancestrais manifestaram, protestaram
Contra a primeira guerra mundial, pedindo a paz.
Lutaram pelo direito de votar e serem votadas.
Bravas mulheres!... Altivas! Calar, nunca mais!

Nasci mulher!
Grandes mulheres marcaram a história.
A primeira, a mais sublime... foi Maria de Nazaré.
Joana D’Arc de Orleans deu à França a vitória.
E segue... Evita Peron, Margareth Tathier, Madre
Tereza de Calcutá, Lady Daiane, Irmã Dulce
Enumerá-las é perder-se na trajetória.

Nasci mulher!
Quanto orgulho!... beleza, doçura e poder se misturam.
Graça, delicadeza, maternidade, carinho e amor.
Grandes mulheres fazem grandes homens a sua altura
Evoluindo sua existência com muita fé e fulgor.

Deus!... abençõe as mulheres que ainda
Se calam e carregam a opressão e a dor.
Que todos evoluam num pacto de igualdade
Aprendam amar!.. serem felizes com liberdade
E da violência, da submissão... liberte-as, Senhor!!..
Elizabeth Fonseca
Enviado por Elizabeth Fonseca em 13/09/2005
Reeditado em 19/09/2005
Código do texto: T50196
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Elizabeth Fonseca
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil
54 textos (2959 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 08:42)
Elizabeth Fonseca