Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sempre tua

Gostaria que os astro soubessem,
o que dizem fosse verdade,
que tudo se tornasse realidade,
você pudesse estar denovo ao meu lado...

O destino cruel,
me tirou o papel,
de ser tua e de ninguém mais,
de ser sua,
sempre sua...

Ser tua amante,
ser tua protegida,
ser sua acompanhante,
ser tua menina...

Sou errante,
sou tratante,
sou extravagante,
sou tua...

Tenho sonhos distantes,
tenho saudade constantes,
tenho meus instantes,
tenho dores latejantes,
tenho saudades tuas...

Gostaria fosse presença,
como és em minha cabeça,
passe a ser mais do que loucura,
passe ser real...

Meu anjo,
meu amante,
meu cupido,
meu sonho,
meu desejo,
meu...

Gostaria que fosse meu,
sempre aqui comigo,
sempre tão presente.
sempre tão constate,
sempre como és,
sempre como sonhei...

Anjo,
te sigo a onde vá,
te vejo em qualquer lugar,
tua face em qualquer outro corpo,
teu corpo em outra presença,
teu cheiro no meu corpo,
teus pensamentos em minha cabeça..
Claudia Rayzer
Enviado por Claudia Rayzer em 13/09/2005
Reeditado em 20/01/2010
Código do texto: T50240

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para o site). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Claudia Rayzer
São Vicente - São Paulo - Brasil, 31 anos
139 textos (6846 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 08:55)
Claudia Rayzer