Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Obrigada, Senhor!

Obrigada, Senhor!

No templo de minha vida
entrei, para meditar
quietinha fiquei...

Vos senti
em minha alma
a me falar, me inebriar
com vosso suave perfume
místico de pureza
e amor...

E rezei por meus amigos
irmanados
na vossa presença
sentida, não vista
que sinto e pressinto,
pois só os que estiveram,
onde estive
sabem da vossa existência
com certeza,
dos vossos milagres
da vossa vontade.

E não quisestes
que eu partisse.
E continuei ao vosso lado
irmanada
nessa filha amada e gerada
novamente
pelo vosso amor.

Sim , porque morri e renasci
de vós, pelo vosso amor
para ser a Fênix
criada e recriada
pelo vosso poder
não para nada provar
mas para mostrar
que sois Buda, Krishna,Jeovah,
meu Cristo Interno
que sempre me acompanhará,
onde eu estiver
aqui ou alhures,
mas sei que o nosso amor
sempre existirá.

Obrigada, Senhor
pela minha cura!
Obrigada, Senhor, pela minha alma!
Obrigada, Senhor, por tudo o que represento
na minha, na nossa existência,
pois me soprastes a vida
e hoje aqui estou
para vos amar e venerar
pois sem vós nada sou.

Eda Carneiro da Rocha

" Poeta Amor"
www.albumpoeticoeda.com.br




Poeta Amor
Enviado por Poeta Amor em 13/09/2005
Código do texto: T50256

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Poeta Amor
Araruama - Rio de Janeiro - Brasil, 81 anos
398 textos (14773 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 20:13)
Poeta Amor