Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ETERNAS LEMBRANÇAS

O poema escorre por entre meus dedos,
Suor frio de um coração amedrontado,
Que não sabe mais se deve seguir o caminho almejado.

O poema estremece meu coração,
Palavras banais soam com profundo significado,
Folhas levadas por um imenso tornado,
Um sonho sincero despedaçado.

O poema corta minh’alma solitária,
Num olhar que nunca cruzou o meu caminho,
Entre espinhos seguirei um destino marcado,
Por noites de versos amaldiçoados pela tristeza,
No leito onde adormeço com os olhos marejados,
Pela dor de ter que aprender a esquecer este amor,
Vela-me o sono meu anjo bom...preciso dormir!

05/01/03- Serei@SP
Sonia Ferraz
Enviado por Sonia Ferraz em 14/09/2005
Reeditado em 27/09/2015
Código do texto: T50414
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sonia Ferraz
São Paulo - São Paulo - Brasil, 61 anos
665 textos (37146 leituras)
33 áudios (5813 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 14:09)
Sonia Ferraz

Site do Escritor