Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VERSOS RIMADOS

VERSOS RIMADOS

Quando a saudade bate no peito,
o tique-taque se apressa de um jeito...
Só a esperança é meu alento
de te ouvir na voz do vento,
de ganhar o abraço apertado
do que estou, cheio de angústia, afastado;
de voltar a receber o teu beijo amoroso
que me faz assim tão saudoso,
de ter de volta o teu carinho, enfim,
cuja falta me faz sofrer assim.
E o pensamento voa,
fica vagando à toa,
e, na solidão da minha noite só,
a esperança que me alimenta é una,
te encontrar, minha estrela, linda...
Mario Rezende
Enviado por Mario Rezende em 15/09/2005
Reeditado em 18/11/2009
Código do texto: T50695

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Mario Rebelo de Rezende). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Mario Rezende
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
689 textos (50928 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 11:10)
Mario Rezende