Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quisera eu

Quisera eu amiga minha neste momento te falar, do amor que trago no peito,
Somente para me fazer sofrer.
Essa é a realidade da qual eu não queria padecer.

Queria Fuji, para o infinito ou me esconder no inferno.
Para jamais senti esse amor, mas não adianta ele é mais forte que a morte.

Quisera eu encontrar quem pudesse aceitar esse amor.
Então esqueceria quem um dia fez brotar essa triste semente dentro do meu coração.
Esqueceria a esperança de um dia beijar a boca que já me escarrou.

Daria a minha própria alma para desistir do que se quis.
Abraça-me amiga minha e eu de darei esse amor, pois cansei de esperar um passado que jamais voltará.

Nos teus braços descansarei o meu grande amor.
Se você não proibir de te amar-te
E se tu me proíbes vou ler e reler poemas e versos que a paixão descreveu em noites de insônia.
Então para sempre vou acreditar o que o destino escreveu, de momento não se pode mudar.

Eraldo costa
Enviado por Eraldo costa em 16/09/2005
Código do texto: T50973
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Eraldo costa
Garanhuns - Pernambuco - Brasil, 33 anos
30 textos (6189 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 20:50)
Eraldo costa