Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

BRINCANDO COM O AMOR.

Não penses que meu coração
é apenas a minha fonte de vida,
porque não é.
Se dizes amar - me, faça - o com fé.

Sou inteira coração, mas isso não quer dizer que seja só para viver, pois é muito mais pela emoção.
Quando me entrego aos teus desejos, brinco com tua boca em meus beijos, eu estou sentindo a sua sensação.

Mas eu gosto da forma como fazes brincadeiras de amor, comigo...nessas horas, perco os sentidos, pois a brincadeira do amor é a mais bela, mais gostosa, que existe!

Nela te sinto meu, nela me sinto tua, como o teu instrumento favorito, de brincar,
de amar com paixão, cedendo à emoção sem pensar na razão...
razão por que, se quem dita as regras é sempre o coração, quando se está amando?

Pode - se até lutar contra, mas a inspiração é ditada, em cada momento, por esse sentimento doido e, às vezes, doído, mas
sempre belo e colorido, como andar numa montanha russa e comer algodão doce, dividido...

Importa é a alegria que se sente, a saudade quando estás ausente, pois apesar de tudo,
a alegria está sempre latente e qualquer coisa, de repente, a faz despertar e nos faz rir, contentes...
Arianne Evans
Enviado por Arianne Evans em 17/09/2005
Reeditado em 17/09/2005
Código do texto: T51231
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Arianne Evans
Curitiba - Paraná - Brasil, 66 anos
695 textos (57319 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 08:26)
Arianne Evans