Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cabeças ocas


Cabeças ocas

Eu você, mais este mundo.
Onde, duas almas separadas.
Dois corações vivem a sofrer.
Duas pessoas hoje magoadas.

Vivendo apenas por viver
Onde um ama, o outro condena.
Não conseguem se entender
Pois um do outro não tem pena

Duas cabeças, ocas e duras.
Onde a teimosia fala por eles.
Pessoas que antes foram puras.
Hoje da pena o sofrimento deles.

Hoje digo: - Não façam o que fiz,
Pensem no amor com seriedade
Para amanhã não se sentirem infelizes.
Ou poderão chorar a falta de felicidade
 

Volnei Rijo Braga
Enviado por Volnei Rijo Braga em 17/09/2005
Código do texto: T51286
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Volnei Rijo Braga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 69 anos
2314 textos (147471 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 20:00)
Volnei Rijo Braga