Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Nada me pertence...

Nada tenho de meu...
Há não ser as vidas que nasceram da minha vida
Nada quero deste mundo
O que eu quero pertence a outro mundo...
O teu amor, amor meu.

Não posso deixar de sentir teu cheiro
Ouvir teu riso
Não posso deixar de desejar andar de novo de mãos dadas contigo.

Correr na chuva...
Cantar-te a musica do Lupicinio...
"E ai, eu comecei a cometer loucuras....."


É bom cometer loucuras....
O lupicinio bem sabia isso já naqueles tempo!!!





Wanda Ayala
Enviado por Wanda Ayala em 18/09/2005
Código do texto: T51597

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Wanda Ayala-www.recantodasletras,.uol.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Wanda Ayala
Portugal
425 textos (36700 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 15:01)
Wanda Ayala