Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sem teu dominio

Então,
você realmente acha,
fazendo do mesmo jeito,
o tempo vai voltar?

Você acredita,
possa cair no mesmo jogo
no mesmo truque,
você acha que não aprendi nada?

Você ainda acha,
esse olhar profundo,
me afeta do mesmo jeito?

Você pensa,
todos param no tempo,
como você?

Acha,
que esse teu jeito,
vai me envolver?

Eu sei correr a tempo,
de fugir das tuas garras,
dos teus jogos,
não estou mais em tuas mãos.

Não sou mais,
aquela tua menina,
e não pensou,
na hipotese,
de voltar a ser.

Não caio mais no teu dominio,
não caio mais no teu jogo,
não estarei aqui,
só para você não estar sozinho,
não me perderei nos teus sonhos.

Não faço parte,
desse teus delirios,
não sou personagem,
desse teu conto de fadas.

Eu também gosto de infinito,
mas ainda não ganhei minhas asas,
conto somente comigo,
para deixar passar a vida,
sonhando com o não posso,
com o que não tenho.

Eu vou a luta,
dou a cara tapa,
diferente de você,
não sou covarde,
não sou baixa,
eu sou lobo,
mas não me escondo nessa sua pele de cordeiro.
Claudia Rayzer
Enviado por Claudia Rayzer em 18/09/2005
Reeditado em 20/09/2005
Código do texto: T51627

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para o site). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Claudia Rayzer
São Vicente - São Paulo - Brasil, 31 anos
139 textos (6846 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 14:46)
Claudia Rayzer