Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema 0455 - Nesta noite


 
Tenho medo de acordar deste sonho louco,
falar de ontem e acreditar que passou,
não poderia lembrar do meu passado, todo ele,
hoje tenho medo, receio de não tê-la nos braços.
 
Voltarei a amar, lhe peço, vem para meu sonho,
deixa que os ventos tristes se vão da minha mente,
faz amor comigo, tantas vezes até senti-la aqui dentro,
quero o silêncio das suas mãos passeando em meu corpo.
 
Aproxima-se outra noite e não a vejo ao meu lado,
falta seu sorriso no meio do beijo, que agora é lembrança,
o dia não passa, o ponteiro do relógio travou quando se foi...
E agora... o que faço? Sem seu corpo o meu está frio.
 
Colei um recadinho na beirada do seu coração,
quando lembrar leia, é para não esquecer que a amo,
tenho que sonhar, só posso tê-la assim por esta noite,
consigo senti-la por perto, talvez seja o sonho de ontem.
 
Deixarei minha saudade sentada na porta do seu coração,
quando sentir falta, carregue-me para dentro e me esconda,
preciso do calor do seu colo, o aconchego do seu abraço;
quando a noite chegar me chame, estarei bem perto de você.
 
19/09/2005
Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 19/09/2005
Código do texto: T51735
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
4429 textos (116242 leituras)
1 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 15:57)
Caio Lucas