Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O silêncio do poeta

No silêncio
do poeta
sua pena
traça linha reta
No silêncio
da sala
sua cabeça
exala
No silêncio
do quarto, da cozinha
a inspiração
avizinha
No silêncio
pulsa
madrugada
expulsa
No silêncio
acalma
prepara
amálgama
No silêncio
a amada vem
dá um beijo
sem porém
No silêncio
aguça a juventude
rejuvenesce
cria atitude
No silêncio
do poeta
todo amor
inquieta

atanazio mario fernandes Lameira
Enviado por atanazio mario fernandes Lameira em 20/09/2005
Código do texto: T52159
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
atanazio mario fernandes Lameira
Laguna - Santa Catarina - Brasil
364 textos (12407 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 08:31)
atanazio mario fernandes Lameira